No longa-metragem da EAI "Bawar", mulheres corajosas lutam por sua educação no Paquistão

Quando duas jovens pashtuns lutam pelo direito à educação em uma sociedade profundamente conservadora e patriarcal, suas ações ameaçam a antiga ordem, com conseqüências terríveis.

Produzido pela EAI no Paquistão, "Bawar" (Trust) conta a poderosa história de mulheres jovens, Paghunda e estudante universitária, Palwasha, que lutam contra a desigualdade flagrante e o preconceito dos patriarcas de sua família pelo direito à educação. Chamando a atenção para a falta de confiança que muitos homens paquistaneses têm em relação às mulheres, essa narrativa promoveu um diálogo muito necessário na região em que a legislação e as normas culturais contribuíram para manter as mulheres analfabetas, confinadas em casa e incapazes de fazer suas próprias escolhas.

Seja nosso parceiro

Para fazer filmes sobre questões sociais prementes em sua comunidade.

Saiba mais